Pra quem se identifica com a área administrativa e financeira, uma boa opção de formação em menos tempo é o curso de Gestão Financeira FMU. Como todo curso de tecnologia, a duração é mais curta em relação a graduação bacharelado ou licenciatura e a proposta é entrada imediata no mercado de trabalho. Neste post, nós vamos detalhar como é o curso de Gestão Financeira FMU, as disciplinas, áreas de atuação e como está o mercado de trabalho.

Um número cada vez maior de empresas, sejam elas pequenas ou grandes, tem buscado gestores que possam obter eficiência nos procedimentos internos e que sejam eficazes no desempenho de mercado.

Uma pesquisa nacional realizada pelo Conselho Federal de Administração (CFA) chegou à conclusão de que ainda existem espaços no mercado de trabalho a serem ocupados pelos gestores, principalmente em micro e pequenas empresas. E é aí que entra o gestor financeiro. Ele deve estar preparado para atuar nos mais diversos tipos de negócios empresariais e setores da economia.

Se você se interessou, continue acompanhando e saiba mais sobre esse curso que a FMU oferece.

Veja aqui como obter uma bolsa de estudos na FMU

O que é gestão financeira

Gestão financeira é um conjunto de ações que envolvem o dinheiro de uma organização. Essas ações são feitas com o objetivo de potencializar, ou seja, aumentar os resultados da empresa.

Essas ações são: manutenção de estoque, análise de créditos, captação de recursos, planejamento financeiro, demonstrativo de faturamento, demonstrativos contábeis, investimentos, entre outros.

Leia também: Ciências Contábeis na FMU: saiba como é o curso

O que se estuda no curso de gestão financeira FMU

O curso de Gestão Financeira FMU tem duração de 4 semestres nas modalidades presencial, semipresencial e à distância. No curso, o aluno terá conceitos de contabilidade, estatística, matemática, economia, legislação, planejamento estratégico e muito mais.

O profissional que faz o curso de Gestão Financeira FMU compreenderá a lógica da gestão financeira e sua relação com os fatores políticos, econômicos e sociais da atualidade.

O curso foi pensado com base nas realidades local, regional e nacional, com um currículo organizado de forma a criar uma identidade que o diferencia de outros cursos oferecidos, ao mesmo tempo em que é promovida a integração entre teoria e prática.

Os campi da universidade ficam na cidade de São Paulo – SP. Todos com laboratório, biblioteca e outros diversos recursos. No campus Itaim Bibi, o curso é oferecido no período noturno. No campus Liberdade, nos períodos matutino e noturno, bem como no campus Morumbi.

As disciplinas profissionalizantes são ministradas desde o primeiro semestre para que o aluno já seja preparado para o mercado desde o início do curso.

Disciplinas oferecidas pelo curso de gestão financeira FMU

  • Análise de viabilidade econômico-financeira;
  • Atividades complementares;
  • Comunicação;
  • Contabilidade gerencial;
  • Controladoria;
  • Desafios contemporâneos;
  • Direito empresarial;
  • Empreendedorismo;
  • Finanças de longo prazo;
  • Fundamentos da administração;
  • Fundamentos de economia;
  • Gestão de crédito, cobrança e risco;
  • Gestão financeira e orçamentária;
  • Macroeconomia;
  • Matemática financeira;
  • Mercados financeiros e de capitais;
  • Metodologia de custos e formação de preços;
  • 4 projetos integradores: diagnóstico organizacional; gestão de projetos; planejamento estratégico e temas transversais;
  • Sistemas de informações gerenciais.

Além destas, também são oferecidas uma série de disciplinas optativas para complementação de conteúdo. O curso é composto também de aulas práticas e o aluno é incentivado a participar de atividades extracurriculares, como: mesas redondas, congressos, estudos de caso e palestras.

O que faz um profissional formado em gestão financeira?

O profissional que se forma em gestão financeira, se torna apto para planejar e gerenciar as funções de controle financeiro, tais como contas a pagar e receber, fluxo de caixa, gestão de custos e riscos, controle de investimentos e mercado de capitais.

Também pode atuar na análise de mercado e recomendar aplicações, formas de pagamento para melhorar o desempenho econômico da empresa ou indicadores para melhores tomadas de decisão.

O gestor financeiro pode elaborar relatórios analíticos para acompanhamento dos resultados financeiros das empresas. Além de coletar, organizar e analisar informações gerenciais para construção de orçamento empresarial.

Também pode avaliar os custos das fontes de financiamento e de produção a curto e longo prazo além de emitir pareceres técnicos.

Áreas de atuação de quem faz o curso de gestão financeira FMU

Quem faz o curso de Gestão Financeira FMU pode atuar em cargos como de assistente, analista, assessor ou consultor no mercado financeiro. Também pode trabalhar em bancos e instituições de crédito, corretoras de valores, terceiro setor ou trabalhar de forma autônoma.

Uma opção de trabalho autônomo, é como consultor financeiro pessoal. Este profissional adéqua as finanças dos seus clientes, de acordo com seus objetivos e momento de vida de cada um.

Além disso, o gestor financeiro pode atuar tanto em empresas públicas, quanto privadas. Pode atuar em indústrias, no comércio e empresas dos mais variados portes. Também pode empreender.

Tem como função a manutenção da estabilidade financeira das organizações fazendo análises de perspectivas de lucros e custos futuros. Pode ocupar, desde os cargos operacionais até os mais altos. Pode trabalhar também nos setores de tesouraria e contabilidade.

Outra opção de trabalho desse profissional feito de forma autônoma, é orientar financeiramente a abertura de novos empreendimentos.

Como é o mercado de trabalho do gestor financeiro?

Toda empresa, independente do tamanho ou do ramo de atuação, precisa de uma gestão eficiente dos seus recursos e um bom planejamento de custos. Isso faz com que o gestor financeiro se torne essencial para o crescimento da empresa. Atualmente, esta é uma área em expansão.

Esse profissional é muito procurado em épocas de instabilidade financeira. Quando há uma crise econômica no país, é necessário muito planejamento e muita precaução quando se trata de investimentos. Além de uma elaboração eficiente de orçamentos. Nesse cenário, a gestão financeira se torna fundamental.

A maior procura por gestores financeiros é na região Sudeste, principalmente na cidade de São Paulo. Na região Centro-oeste, existem oportunidades para gestor financeiro no campo de agronegócio. No Paraná, Goiás e Minas Gerais, a procura por esse profissional parte das montadoras de automóveis e autopeças.

Habilidades dos profissionais de gestão financeira

Desde 2009, o profissional que se forma com diploma de tecnólogo em Gestão Financeira tem o direito de obter registro no Conselho Regional de Administração (CRA).

Um bom profissional de gestão financeira, deve ter uma série de características para um bom exercício de suas tarefas. O curso de gestão financeira FMU oferece a oportunidade de potencializar todas elas.

Entre elas: responsabilidade social e ética; visão global e sistêmica das organizações; raciocínio lógico, crítico e analítico; facilidade em trabalhar com números; liderança; facilidade em trabalhar com equipes multidisciplinares; iniciativa e empreendedorismo; capacidade de avaliar riscos e tomar decisões; flexibilidade; adaptabilidade às mudanças organizacionais, tecnológicas e de mercado; atenção à detalhes; organização e planejamento.

Qual o salário do gestor financeiro?

De acordo com o site salario.com.br, um tecnólogo em gestão financeira ganha em média R$ 6.316,22 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais. Isso de acordo com dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Na cidade de São Paulo, o salário pode chegar a R$ 18.186,82.

Serviços combinados de escritório e apoio administrativo estão entre os que mais contratam e os salários podem chegar a R$ 15.996,51. Atividades de consultoria em gestão empresarial também tem um salário parecido: R$ 15.599,74. Porém, bancos múltiplos com carteira comercial tem teto de R$ 21.940,38, ainda de acordo com o site.

Já o salário inicial para um gestor financeiro é em média R$ 6.147,78 mensais para uma jornada média de 43 horas semanais.

Os profissionais que atuam nas empresas públicas, com ingresso através de concurso, tem salário de R$ 8.079,89 mensais para jornada de 40 horas semanais. O salário do setor público chega a ser 22% maior que a média salarial do setor privado.

O valor médio do piso salarial de 2020 para o cargo de tecnólogo em gestão financeira é de R$ 5.764,75 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais. Este salário é definido por acordos, convenções e dissídios coletivos.

Gostou da área de Gestão Financeira?

E você? Se identificou com essa carreira? Saiba que é uma área com muitas oportunidades de trabalho. Se deseja saber mais sobre cursos e mercado de trabalho, continue acompanhando o nosso blog.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui