Para tudo dentro da universidade existem normas. Sejam normas de conduta, de avaliação ou qualquer outra norma interna. Para fazer trabalhos universitários também existem, essas são as normas ABNT, a Associação Brasileira de Normas Técnicas. Em outras palavras, no mundo científico dos trabalhos acadêmicos na faculdade, você vai ouvir falar muito das normas ABNT. No entanto, sempre há muitas dúvidas sobre elas. Justamente, por terem muitos detalhes.

Mesmo assim, existem algumas normas ABNT que todo universitário tem que conhecer. Não há escapatória. Tanto na FMU ou em outras universidades, elas são indispensáveis para a elaboração de qualquer documento que será entregue. Na verdade, assim como há apps para organizar os estudos, as normas ABNT também servem para organizar a apresentação dos seus textos e trabalhos. Desde o tamanho da fonte até o espaçamento do parágrafo.

Por essa razão, vamos abordar neste post o que você precisa saber sobre as normas ABNT para não prejudicar os seus trabalhos. Mas primeiro, o que são normas ABNT?

CLIQUE AQUI E SAIBA COMO OBTER UMA BOLSA ESTUDOS NA FMU

Leia também: Bolsas de estudo FMU: confira quatro facilidades de ingresso

Normas ABNT

As normas ABNT foram criadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. Associação foi fundada em 28 de setembro de 1940 e confirmada pelo governo federal por meio de diversos instrumentos legais.

A ABNT é uma entidade privada sem fins lucrativos, responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (ABNT NBR), criadas por seus Comitês Brasileiros (ABNT/CB), Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE).

E o que isso tem a ver com os trabalhos que fazemos na faculdade?

Normas ABNT nos trabalhos acadêmicos

A ABNT regula a maneira como se deve ser apresentado um trabalho acadêmico. Dessa maneira, o trabalho fica padronizado, o que facilita sua leitura e compreensão.

Tudo é regulamentado de acordo com a norma: espaçamento, tamanho do título, tamanho de fonte, referências bibliográficas, entre outros. Essas regras são cobradas em praticamente todos os trabalhos, como TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), dissertações de mestrado, teses de doutorado ou publicações científicas.

Segundo o site da própria ABNT, “o trabalho humano se torna material por meio de procedimentos, regras, instruções, modelos, que podem ser repetidos, ensinados e aprendidos. Sem essa condição fundamental – a expressão do conhecimento em regras compreensíveis pelo outro – a civilização material não tem condições de se reproduzir. Ensinar e aprender a criar são atos que requerem uma linguagem comum.”

Leia também: Escola de negócios: 19 cursos para quem quer empreender

Normas ABNT para trabalhos acadêmicos

Todas as normas ABNT, se você quiser adquirir uma cópia, você deve pagar. Porém, você encontra muitos locais na internet explicando a norma ou com acesso gratuito para que você possa colocá-la em prática.

Hoje vamos dar um resumo de algumas as principais normas ABNT para elaboração de trabalhos acadêmicos na faculdade.

NBR 14724:2011- Trabalhos acadêmicos

Estabelece as regras gerais de normalização de trabalhos acadêmicos. Algumas dessas regras que essa norma exige são as seguintes:

  • Formato: os textos devem ser digitados em cor preta, em papel branco ou reciclado, no formato A4 (210x297mm);
  • Margem: as margens exigidas no anverso (face frontal) são, na parte superior, 3 cm; na inferior, 2 cm; na esquerda, 3 cm e na direita, 2 cm. Já no verso, são na parte superior, 3 cm; na inferior, 2 cm; na esquerda, 2 cm e na direita, 3 cm;
  • Espaçamento: para o corpo de texto o espaçamento deve ser de 1,5. Já, as citações com mais de três linhas, as notas de rodapé e de natureza do trabalho, referências bibliográficas, resumo, abstract e legendas das ilustrações devem ser digitadas em espaço simples;
  • Tipo de tamanho de letra: recomenda-se a fonte arial ou times new roman, tamanho 12;
  • Capa: deve conter o nome da instituição; nomes dos autores; título do trabalho; subtítulo; número de volumes; local da instituição e ano.

NBR 6028:2003 – Elaboração de resumo

Também é uma das normas ABNT para a elaboração de trabalhos acadêmicos. Nesta, estabelece-se as regras referentes à elaboração de resumos.

Existem três tipos de resumos:

  • Resumo crítico: é aquele redigido por especialistas com análise crítica de um documento. Também é conhecido como resenha;
  • Resumo indicativo: indica apenas os pontos principais do documento;
  • Resumo informativo: informa ao leitor finalidades, metodologia, resultados e conclusões do documento.

Quanto às regras de elaboração, algumas apontamos a seguir:

  • O resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do documento;
  • Ele deve ser feito antes da referência do documento;
  • Recomenda-se que seja escrito em parágrafo único;
  • Deve ter frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos;
  • A primeira frase deve explicar o tema principal do documento;
  • Utilizar verbo na voz ativa e terceira pessoal do singular;
  • Quanto à extensão: de 150 a 500 palavras os de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros) e relatórios técnico-científicos; de 100 a 250 palavras os de artigos de periódicos e de 50 a 100 palavras os destinados a indicações breves;
  • Fonte arial ou times new roman tamanho 12.

Normas ABNT – NBR 6027:2012 – Elaboração de sumário e NBR 6024:2012 – Numeração progressiva

Essas duas normas ABNT tratam da elaboração do sumário e a numeração progressiva, que é a numeração que divide e subdivide o texto para poder sistematizar hierarquicamente o conteúdo do trabalho.O sumário deve estar localizado da seguinte maneira:

  • Em monografias: deve ser o último elemento que vem antes do texto principal. Deve iniciar no anverso de uma folha e concluído no verso, se necessário;
  • Em publicações periódicas: deve estar localizado na mesma posição em todos os fascículos, em todos os volumes. Pode ser feito no anverso da folha de rosto e concluído no verso, se necessário.

Os títulos e os subtítulos, se houver, aparecem depois dos indicativos de cada uma das seções. Recomenda-se que sejam alinhados pela margem do título maior. Recomenda-se a utilização das fontes arial ou times new roman, tamanho 12.

NA FMU VOCÊ PODE OBTER BOLSA DE ATÉ 100% COM A NOTA DO ENEM

NBR 10520:2002 – Elaboração de citações

Citações servem como suporte para a elaboração de um texto acadêmico. Elas atuam como um aprimoramento da comunicação científica, além de oferecer credibilidade ao trabalho. Isso porque oferecem veracidade e clareza nas informações apresentadas.

Segundo as normas ABNT, as citações devem ser feitas da seguinte maneira:

  • Aspas simples: quando for fazer uma transcrição ou citação dentro de citação;
  • Aspas duplas: utiliza-se quando a citação tem até 3 linhas;
  • Itálico: utilizado geralmente em nomes científicos, palavras e locuções em outros idiomas.

Existem três tipos de citações:

  • Citação direta: é a cópia exata da parte do documento que foi consultado;
  • Citação indireta: é a transcrição de um trecho realizada pelo pesquisador utilizando como base principal as ideias de determinado autor. Não se utiliza aspas pois é transcrito com suas próprias palavras;
  • Apud (citado por) – Citação de citação: é utilizada quando o pesquisador não consegue ter acesso ao documento original. Dessa maneira, ele opta em realizar a citação já transcrita pelo autor consultado.

Citação traduzida

De acordo com outra das normas ABNT, a NBR 10520/2002 não é exigido que a citação seja traduzida. Porém, quando o pesquisador for traduzir o material consultado é necessário apontar entre parênteses ao final da citação (tradução nossa).

Notas de Rodapé

Estas indicam textos paralelos, citações ou trechos de obras. As notas de rodapé servem para deixar um documento mais compreensível, sem que o raciocínio seja interrompido.

Devem ser feitas da seguinte forma:

  • Digitadas dentro das margens;
  • Separadas do texto por um espaço simples e por uma linha contínua de 5 cm, a partir da margem esquerda;
  • Numeração é feita em algarismos arábicos, devendo ser única e sequencial para cada capítulo ou parte;
  • Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, sem espaço entre elas e com fonte menor;
  • O texto deve começar e terminar na página em que a nota for inserida.

NBR 6023:2018 – Elaboração de referências

Esta é uma das normas ABNT para elaboração de trabalhos acadêmicos. Ela estabelece a ordem dos elementos das referências. Também define as regras para transcrição e apresentação da informação que veio do documento e/ou outras fontes de informação. Esta serve para a utilização em documentos e para inclusão em bibliografas, resumos, resenhas, etc.

As referências são compostas por dois elementos:

  • Elementos essenciais: são as informações indispensáveis à identificação do documento;
  • Elementos complementares: são as informações que permitem melhor caracterizar os documentos.

As referências se localizam no rodapé, no fim de textos, partes ou seções ou nas listas de referências.

Tem como regras de apresentação:

  • Utilizar espaço simples;
  • Alinhar à margem esquerda do texto;
  • Separadas entre si por uma linha em branco de espaço simples;
  • Para documentos online, além dos elementos essenciais e complementares, deve-se registrar o endereço eletrônico.

Agora que você já conhece as principais normas ABNT para a elaboração de trabalhos acadêmicos, já pode padronizar os seus. Em algum momento do seu curso na FMU você vai precisar conhecer as normas ABNT.

Mantenha-se sempre informado sobre outros assuntos como esse aqui no blog!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui