Você sabia que pode estudar o interior do corpo humano projetado no meio da sua sala, testar várias cores na parede do seu quarto ou provar uma roupa mesmo estando a quilômetros de distância da loja? Parece um filme futurista, mas tudo isso já possível graças à tecnologia da Realidade Aumentada. E o melhor: é uma área que abriu uma grande oportunidade de carreira.

Essa mistura entre o que é real e o que é tecnologia tem melhorado muito a experiência que as pessoas tem em diversas áreas: nos estudos, no trabalho ou no lazer. São infinitas possibilidades que hoje já podemos ter acesso.

Inclusive, há cursos oferecidos pela FMU que abordam essa tecnologia e podem ser o caminho para você trabalhar no segmento. Um deles é o curso de Produção Multimídia em Realidade Aumentada.

Mas e o que é a Realidade Aumentada? Para que ela serve? É a mesma coisa que Realidade Virtual? Vamos falar sobre essas e outras questões. Acompanhe.

Leia também: Conheça os cursos na área de tecnologia da FMU

CLIQUE AQUI E SAIBA COMO OBTER UMA BOLSA ESTUDOS NA FMU

O que é Realidade Aumentada

Realidade Aumentada (RA) é uma tecnologia que permite sobrepor elementos virtuais ao que vemos de real.

O termo Realidade Aumentada foi criado em 1992 pelo cientista e pesquisador Thomas P. Caudell durante o desenvolvimento do avião Boeing 747. Isso porque os funcionários que estavam montando o avião tinham dificuldades em seguir as instruções. Sendo assim, Caudell pensou em uma solução onde o monitor guiasse a instalação para os montadores.

A RA ficou famosa mundialmente quando criaram o jogo Pokémon Go, em 2016. No jogo, os personagens apareciam, através da tela do celular, no local onde o jogador estivesse: na rua, em casa, na escola. Tudo isso, com o propósito de “caçar”e “capturar” os “bichinhos”. Foi um grande sucesso, com 45 milhões de usuários diários ativos e 500 milhões de downloads.

Hoje temos acesso a diversas variações de Realidade Aumentada. Uma delas é nas redes sociais, através dos mais variados filtros disponíveis em alguns aplicativos.

Uma das tecnologias que está sendo muito esperada é a da Apple. O chamado “Apple Glasses”, que são óculos que poderão ler e-mails, mensagens ou jogos através de suas lentes em conjunto com o iPhone.

Qual a diferença entra Realidade Aumentada e Realidade Virtual

As duas tecnologias tem algumas similaridades, embora também muitas diferenças em vários aspectos. De similares, elas tem a utilização de dispositivos, como óculos ou câmeras, que nos permitem enxergar o que está sendo proposto.

Na realidade virtual, você enxerga através dos óculos um mundo que não existe. Pode ser um cenário de filme, uma floresta, bem como um parque de diversões. Qualquer que seja a imagem que você vê, você “entra” em um mundo que não está realmente ali, ele é somente virtual, foi criado pelo computador. A realidade virtual cria uma experiência imersiva, faz com que você se sinta em outro lugar.

Já a realidade aumentada, faz o contrário. Ela traz ao nosso mundo real, coisas que não estão ali. Podem ser objetos, animais, pessoas e até móveis que são vistos através das lentes de óculos especiais, ou pela tela de um dispositivo, projetados dentro do nosso mundo real.

É como se a nossa realidade fosse melhorada, ou mesmo, como o nome diz: aumentada. Mantém a pessoa na realidade, porém expande suas possibilidades.

Usos da RA

Além das redes sociais que utilizam a Realidade Aumentada, temos outros exemplos:

  • Os QR Codes, ou seja, os códigos de barras em duas dimensões. Muitos locais, como por exemplo, pontos turísticos, utilizam esses códigos para o usuário apontá-los com o app do celular e assim ter acesso às informações sobre o local, com mapas, imagens, entre outros;
  • Empresas de decoração ou vendas de móveis. Através da Realidade Aumentada, o cliente pode projetar os móveis, que serão adquiridos, na sua própria casa. Bem como, pode testar cores de tintas ou texturas nas paredes. Dessa maneira, facilita a compra e a garantia de satisfação do cliente;
  • Lojas de roupas e calçados. Na mesma linha dos testes de móveis em casa, é possível testar as roupas, calçados e acessórios em si mesmo através da RA;
  • Na medicina, é possível utilizar a Realidade Aumentada simulando cirurgias ou até realizando procedimentos remotos.

Leia também: Profissões home office: confira 10 opções para você escolher

A Realidade Aumentada e a Comunicação

Por conta do grande uso da Realidade Aumentada, sobretudo em aplicativos como o Snapchat ou o Instagram, os usuários mais jovens acabaram criando expectativas de experiências semelhantes em outros provedores de conteúdo.

Devido à isso, não são raros outros meios de comunicação que tem se arriscado através da RA. Um exemplo disso, foi a revista The New Yorker, que lá em 2016 já estava à frente, fazendo a primeira capa em Realidade Aumentada.

A RA está atualmente presente também nas estratégias de marketing, elevando a experiência dos clientes. O grupo financeiro de Nova Iorque, Goldman Sachs, fez uma pesquisa em 2016, onde afirmou que até 2025, a indústria da Realidade Aumentada se transformará em um mercado de 80 bilhões de dólares. Já a empresa de consultoria Markets & Markets, acredita que poderá movimentar muito mais: 117,4 bilhões de dólares ainda em 2022. 

A pesquisa também afirma que os millennials, ou seja, a geração do milênio, que compreende os nascidos após o 1980 até 1995, não aceitam mais produção de conteúdo genérico em massa, como os mais velhos aceitavam. Por conta disso, as empresas precisam se renovar e a Realidade Aumentada está aí como um ótimo recurso, que pode mudar totalmente o relacionamento entre elas e seus clientes.

Uma boa opção para quem quer trabalhar com Realidade Aumentada é fazer o curso de Produção Multimídia em Realidade Aumentada da FMU.

Curso de Produção Multimídia em Realidade Aumentada da FMU

É um curso de tecnologia da FMU, à distância, com duração de 4 semestres. As aulas são interativas, com simuladores e laboratórios virtuais. Além disso, o curso é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e válido em todo o Brasil.

NA FMU VOCÊ PODE OBTER BOLSA DE ATÉ 100% COM A NOTA DO ENEM

Cada semestre do curso é dividido em dois blocos de 10 semanas cada. Em cada bloco será estudado 2 ou 3 disciplinas.

As dúvidas que os estudantes tem sobre as disciplinas são tiradas com os profissionais da FMU em até 48 horas. Além disso, a faculdade conta com diversos polos onde acontecem encontros presenciais, de integração, palestras e eventos.

Mercado de trabalho

A Realidade Aumentada veio para aumentar as possibilidades de trabalho. Estima-se que na Europa podem ser criados até meio milhão de novos postos ainda esse ano. Em Portugal já existem mais de 70 empresas que trabalham com RA.

Não só para os desenvolvedores da tecnologia mas também para os utilizadores. A Realidade Aumentada veio para que muitos possam executar suas tarefas remotamente utilizando seus recursos.

A aposta na RA é certa. Inclusive, uma pesquisa britânica da consultoria Pricewaterhouse Coopers – PwC, diz que até o fim do ano, 29% das empresas do setor industrial terão feito algum investimento em Realidade Aumentada.

Segundo a mesma empresa, existem 110 milhões de trabalhadores “sem mesa”, ou seja, remotos em todo o mundo. Todos eles poderiam ser bem mais produtivos se tivessem acesso à dispositivos que permitem o uso da Realidade Aumentada.

São inúmeras as empresas que tem possibilidade em aproveitar os recursos oferecidos pela RA. Sejam empresas de design, manutenção, educação. Praticamente todas as áreas tem alguma atividade que poderia ser facilitada com essa ferramentas.

Entender de ferramentas de RA também pode ser tornar um diferencial para quem procura um emprego, seja qual área for. Isso porque essas habilidades estão sendo cada vez mais requisitadas e com cada vez mais relevância.

RA na Educação

Principalmente na educação. O estudante de hoje faz parte de uma população chamada de “nativo digital”, ou seja, já nasceram em uma época de acesso às tecnologias. Esse estudante não aceita mais o padrão antigo de ensino.

Ele quer conhecimento de forma mais atrativa e imersiva, o que pode ser feito através do uso dos smartfones. Isso faz com que aumentem as possibilidades de trabalho de Realidade Aumentada nessa área.

E você? Já utilizou a Realidade Aumentada? Foi um dos que passou dias e dias perseguindo Pokémons? Então já sabe que essa área é garantia de sucesso.

Matricule-se já no curso da FMU e entre nesse mercado promissor. E não esqueça de continuar acessando o nosso blog para mais dicas como essa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui