Se existe uma época marcada por estresse na vida de um jovem é da preparação para o vestibular. Muitos chegam a ficar doentes pois não conseguem administrar esse grande compromisso com sua vida pessoal. Acabam esquecendo os momentos de lazer e não praticam exercícios, por exemplo. Ainda, muitos vivem os meses que antecedem em uma rotina cansativa de muitas horas de estudo sem descanso.

Se você quer passar por esse momento tão importante na sua vida de maneira mais tranquila, hoje trouxemos 6 dicas para você se preparar para o vestibular, mas sem estresse! Isso porque estudar não deve ser uma atividade desgastante. Atualmente, há muitas práticas e ferramentas que podem ajudar nessa tarefa, até mesmo aplicativos.

Sem dúvida, se preparar para o vestibular e passar naquele tão sonhado curso em uma instituição de qualidade, como a FMU, envolve muitas coisas além de estudar. Confira!

Leia também: Dica: 6 cursos para quem gosta de ler

6 dicas para se preparar para o vestibular sem estresse

1. Crie uma rotina de estudos para o vestibular

Não adianta, para ter sucesso nos estudos, não há nada melhor do que ter um planejamento. Faça uma agenda semanal e nela coloque todas as matérias que você tem que estudar para o vestibular, alocadas em horários fixos da semana.

Se você faz cursinho, uma dica é estudar a mesma matéria que você viu no dia. Então, se na segunda você teve matemática, física e história no cursinho de manhã, coloque matemática, física e história nos seus horários de estudo na parte da tarde.

Não esqueça de colocar nessa agenda seus outros compromissos: exercícios físicos, sair com os amigos, namorar, comer e, por que não, até tomar água! Sim! Algumas atitudes como essa de colocar tudo no papel (ou no computador, como você preferir), que fazem a gente criar melhor nossos hábitos.

Aliás, falando em tecnologia, o que não falta é aplicativo para smartfones que te ajudam a criar hábitos e rotinas, como mencionamos no início desse post. Além de muita agenda disponível online também.

Fazer um cronograma já pensando na semana, no mês e até, no ano todo, faz com que você não se perca e se sinta mais tranquilo em relação aos estudos para o vestibular. Isso porque, se organizando, dificilmente vai acumular matérias ou deixar de fazer suas atividades extras pois tudo foi pensado com antecedência.

E coloque horário para tudo: descanso, refeições,pausas entre uma matéria e outra, além do horário para dormir. Você vai ver que não vai ser difícil seguir e você vai ficar bem mais tranquilo.

Leia também: Não passei no Enem, e agora? 5 dicas para continuar os estudos

2. Tenha momentos de lazer

Não adianta estudar o dia todo, todos os dias. Mesmo porque, vai chegar uma hora que você não vai mais dar conta e você com certeza acabará muito estressado. Para isso, tenha, como já falamos, agende no seu cronograma, os momentos de lazer.

Parece estranho colocar o lazer no calendário, mas saiba que, quando estamos muito concentrados e focados em algo (como é o caso do vestibular), somos capazes de esquecer todo o mundo em nossa volta. Até de nós mesmos.

Então marque um cineminha com os amigos, piqueniques, passeios e, até umas saidinhas pra balada de vez em quando. Só saiba que, bebida alcoólica e noites mal dormidas não combinam nada com vestibular!

Então pense bem em que tipo de lazer você quer ter nesse ano tão importante. Não que uma baladinha de vez em quando vá fazer você não passar na prova. Mas saiba que toda semana, vai ser difícil conciliar com o restante da sua rotina.

O segredo é o equilíbrio!

3. Faça exercícios físicos

Ainda na primeira dica, da criação de rotina pro vestibular, inclua nela os exercícios físicos. A atividade física é fundamental para qualquer pessoa. Se ela está passando por um momento de grande pressão psicológica como o vestibular, mais ainda!

Os exercícios físicos liberam serotonina, que é o hormônio do bem estar, muito importante para quem está começando a ficar estressado.

Mas escolha um exercício tranquilo! Não vá querer ser maratonista na mesma época que estiver estudando pro vestibular! Mas uma corridinha é bem vinda, além de caminhadas, andar de bicicleta, jogar futebol. Quem sabe umas aulinhas de ioga? Podem ser bem relaxantes e ajuda a liberar o estresse pré-vestibular!

4. Tente conhecer melhor o curso escolhido

Pode parecer óbvio, mas muitas vezes as pessoas escolhem suas profissões baseadas no que elas acham que é, e não realmente no que elas realmente são.

Por exemplo, você sabia que na engenharia de alimentos você vai estudar muita química? Muita mesmo! Ou que, fazendo pedagogia, você pode trabalhar na inclusão de crianças com necessidades específicas dentro das escolas?

São pequenos detalhes que podem fazer a diferença. Já pensou escolher biomedicina achando que só vai ter aulas relacionadas à área da saúde e, de repente, se depara com gestão de qualidade e procedimentos de padronização?

Para saber melhor sobre cada curso, a FMU disponibiliza um Guia do Curso. Lá você tem detalhes de cada matéria que será estudada.

Vá atrás também de pessoas que fizeram o curso que você deseja e já estão atuando na profissão. Saiba as áreas que você pode trabalhar, que tipo de trabalho você vai realizar e como está o mercado para o curso que você escolheu fazer no vestibular.

Tudo isso pode diminuir bastante o estresse em chegar na hora da prova e perceber que não era bem aquilo que você queria.

5. Saiba que talvez você não passe no vestibular

Ter essa consciência é também muito importante para evitar altos níveis de estresse.

Muitas pessoas seguem todas as dicas, criam cronogramas, estudam, porém não passam e tá tudo bem, ano que vem tem mais! Saiba que a concorrência é grande, pode ser que caia no vestibular exatamente aquilo que você não estudou. São muitas as variáveis que podem fazer com que você não passe.

Entenda que não é o fim do mundo e comece a pensar em outras possibilidades. Será que você não consegue uma bolsa parcial ou até integral com a sua nota do Enem? A FMU, por exemplo, tem várias! Além disso, muitas universidades já aboliram o vestibular e utilizam outros métodos, como provas exclusivas, análise de currículo, entre outros.

Agora, se você está pensando lá na frente no próximo vestibular, fique tranquilo e pense em tudo o que deu errado. Será que eu cumpri com meu cronograma? Será que levei a sério o suficiente? Não curti demais as baladas ao invés de preservar meu sono e descanso para poder estudar? Faça uma boa autoavaliação e pontue tudo o que você pode melhorar pro futuro!

6. Pense em outras opções

Às vezes, não é possível cursar a universidade que você gostaria pois ela fica muito longe, por exemplo. Nem sempre seus pais vão ter condições de arcar com suas despesas de moradia em outra cidade ou estado. Sendo assim, você vai ter que escolher outra instituição e, muitas vezes, um curso diferente do que você tinha pensado.

Por conta disso, o ideal é não ter fixação por um curso só. Se seu sonho é medicina e suas notas não chegam perto das necessárias para passar, que tal pensar em outros cursos da área da saúde? Só a FMU tem 15 cursos na área de Ciências e Saúde! Claro que não vai ser exatamente igual, mas você pode se identificar com o curso e até se surpreender com uma profissão muito legal e promissora no mercado!

Outra opção, é escolher cursos EAD, ou seja, à distância. Você pode cursar no conforto da sua casa e todos os cursos da FMU são aprovados pelo Ministério da Educação.

Ter essas opções não é dizer que você não tem condições de passar no vestibular para o curso escolhido. Porém temos que ser realistas sobre a concorrência, sobre ter disponibilidade do curso perto da sua casa e outros fatores que não dependem de você. Então não se estresse! Cuide de sua saúde mental e pense em outras possibilidades que serão igualmente interessantes para você.

Gostou das dicas? Saiba que o vestibular, mesmo sendo uma etapa muito importante da sua vida, é apenas mais uma. Virão muitas ainda!

Continue acompanhando o nosso blog e receba mais dicas como essa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui